Apreciação: Matt Smith em Gifs

Esse ser super fofo e apertável dando "Olá" aí em cima é o Matt Smith, ele interpreta o 11ª Doctor em Doctor Who. Depois de fazer um post de apreciação lotado de gifs do 10º Doctor recebi alguns pedidos (ou intimações, depende do ponto de vista rs) para fazer o mesmo com o Doctor do Matt. E eu pensei MHÉ, ninguém vai poder tomar o lugar do Ten no meu coração, ele é supremo. HA-HA. Creio que já disse aqui, mas eu sou humana e fadada a erros e, às vezes, realmente amo estar errada.

Ainda amo Ten acima de tudo e de todos, mas ele está tendo que dividir esse amor com o Eleven. E ao decorrer desse post vocês entenderão o porquê. Não tenho conhecimento de ser mais fofo/cutie pie/puppy/bobalhão/pateta/sexy/maravilhoso do que Matt/Eleven.

Tag: Liebster Award

Heeey \o/
Hoje é dia de tag, minha gente! A tag da vez é a Liebster Award, onde vocês vão poder conhecer um pouquinho mais sobre essa que vos fala. Fui indicada pela Ju do Blog LiteRata, muito obrigada pela indicação, sua linda <3


Escreva 11 fatos sobre você;
Responder as perguntas de quem te indicou a tag;
Indicar de 11 a 20 blogs;
Fazer 11 perguntas pra quem você indicar;
Inserir no post uma imagem com o selo Liebster Award;
Linkar de volta quem te indicou.

DecorArte: A vida secreta dos Super-Heróis


Olá queridos! Tudo bem?
Vocês já pararam pra pensar no que os super-heróis ficam fazendo quando não estão salvando o mundo? Bom, o geek Edy Hardjo imaginou algumas possibilidades de situações cotidianas dos heróis e criou essas fotografias muito bem humoradas. Para criá-las o que ele faz é posicionar os bonecos hot toys, tirar a foto e depois manipulá-la no Photoshop afim de dar mais realismo às cenas. Divirtam-se com algumas fotos que selecionei para o post: 

Resenha: Caixa de Pássaros - Josh Malerman

Título: Caixa de Pássaros
Autor (a): Josh Malerman
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
SKOOB

Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler.
Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

algo lá fora. Não saia. E lembre-se: não abra os olhos. Nunca.
Tudo começa de repente. Casos isolados, relatados nos noticiários. Para os céticos, nada com o que se preocupar. Talvez seja até marketing. Nada com o que se preocupar. Até tais casos se tornarem frequentes, não serem mais isolados, acontecerem nas cidades próximas à sua, na sua cidade, no seu bairro... Na sua casa e com alguém que você ama.
Violência brutal e suicídio. Nenhum registro de insanidade anterior ao episódio entre as vítimas. Eles viram alguma coisa. Algo que nenhum ser humano está preparado para ver.

As pessoas estão morrendo, o mundo está um caos, ninguém mais sai... Até não haver mais ninguém nas ruas, nas casas, nas cidades. 
Malorie é uma sobrevivente, e conta sua história. Sua luta contra a insanidade que espreita nas portas e janelas o tempo todo e contra a qual não pode lutar, tendo como escudo somente sua venda e os cobertores que cobrem todas as janelas. 

Há mais de quatro anos, Malorie vive confinada com os dois filhos, duas crianças que jamais viram o céu ou outro animal que não fosse um peixe. Garoto e Menina têm os ouvidos mais apurados do que qualquer ser outro ser humano, pois foram treinados pela mãe, precisam de seus ouvidos se quiserem sobreviver
“– Tropecei em alguma coisa. Está sentindo? Parecia uma mala.
Com a vassoura, Tom traça um amplo arco. As cerdas encontram um objeto. Tom se arrasta até ele. Pousando a vassoura a seu lado no asfalto quente, usa as mãos para sentir o que está ali, no meio da rua. Não demora muito para descobrir o que é.
– É um corpo, Jules.” Pg. 123.

Lançamentos de Maio - Editora Única e Editora Gente

Olá, gente! Espero que esteja tudo bem com vocês!
Começo de mês pede post de lançamentos para escolher em que livro vamos gastar nosso dinheiro HAHAHA Então vem ver os lançamentos de maio da Única e Gente Editora e se prepare o bolso.

Única Editora


Título: A Canção de Alanna
Subtítulo: A primeira grande aventura
Autor: Tamora Pierce
Selo: Única Editora
ISBN: 978-85-67028-63-7
Formato: 13,5 x 20,5
Páginas: 256
Gênero: Literatura estrangeira/Ficção/Infanto Juvenil
Tradutor: Ana Resende
Preço de capa: R$ 34,90
Sinopse: A coisa que Alanna mais quer no mundo é ser uma guerreira extraordinária, que vença batalhas e consiga ajudar as pessoas. Ela só tem um problema: no reino de Tortall, meninas não lutam, ou melhor, não fazem quase nada. Então, para realizar seu sonho, ela deve arriscar a própria vida tornando-se Alan de Trebond.Esta é sua primeira aventura, e pode ser a última caso ela não seja forte o bastante para superar as próprias limitações e controlar sua magia, que é mais poderosa do que a maioria das pessoas pode suportar.Para piorar, Alanna é a única capaz de combater o mal que se abateu sobre o reino de Tortall. Está em suas mãos salvar o herdeiro do trono e derrotar os seres milenares que habitam a terrível e amaldiçoada Cidade Negra. O fracasso não é uma opção. Sua grande batalha já começou. Ela pode morrer, ou pior: perder a própria alma para sempre!

Resenha: A Hora Mais Sombria - Meg Cabot

Título: A Hora Mais Sombria
Autor (a): Meg Cabot
Editora: Galera Record
Páginas: 272
Neste volume da coleção, Suzannah esta de ferias e começa à trabalhar como babá em um hotel chique, pois seu padrasto lhe dá duas alternativas: trabalhar, ou receber aulas particulares.Lá, ela conhece Jack, um mediador e Paul,seu irmão, um garoto muito estranho que logo se apaixona por Suze. Porém não é correspondido.Suzannah tem que trabalhar e fugir das cantadas de Paul.Numa noite, Suzannah é acordada por um fantasma de uma mulher, a ex-noiva Maria de Silva do seu namorado Jesse, e ainda exige que a construção de uma piscina nos fundos da casa de Suzannah seja interrompida imediatamente e isso faz Suze pensar em o que esta escondido lá. Será o corpo de Jesse? Suzannah em nenhum momento descarta essa possibilidade. Mas se for isso mesmo? E se solucionarem o seu assassinato e Jesse finalmente passar para o outro lado? Como será que isso vai terminar? Para nossa querida mediadora, problemas e aventuras é o que não falta.E sera que Jack fara as escolhas certas? O amor entre Suzannah e Jesse ira aguentar a todas as coisa que acontecerão?

Depois de quase um ano sem ler os livros da série A Mediadora, nesse começo de ano finalmente lembrei da existência deles e embarquei na leitura do quarto livro, A Hora Mais Sombria.

Nesse volume da série Suzannah reconhece que está apaixonada por Jesse e, claro, bem ao estilo Suzannah de ser tenta negar e argumentar de todas as maneiras possíveis porque não deve embarcar em um relacionamento com o fantasma que vive em seu quarto. Além disso, ela está de férias e trabalha como babá, onde acaba conhecendo Paul e seu irmão mais novo, Jack, que acaba se revelando um mediador. 

Mas claro que como estamos falando da Suze, A Mediadora, um fantasma não ia deixar de dar as caras nesse livro. E o fantasma da vez é nada mais nada menos do que a noiva de Jesse que supostamente foi responsável pela morte dele. 

Promoção: 5 anos de Equalize da Leitura


Vamos comemorar? O blog Vanille Vie foi convidado para comemorar o aniversário de 5 anos do Equalize da Leitura! Para participar vocês precisam ler as regras rapidamente e preencher o formulário no Rafflecopter! *\O/* 
Boa sorte!