Resenha: Cidade das Almas Perdidas - Cassandra Clare

Título: Cidade das Almas Perdidas
Autor (a): Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 434
SKOOB
Quando Jace e Clary voltam a se encontrar, Clary fica horrorizada ao descobrir que a magia do demônio Lilith ligou Jace ao perverso Sebastian, e que Jace tornou-se um servo do mal. A Clave decide destruir Sebastian, mas não há nenhuma maneira de matar um sem destruir o outro. Mas Clary e seus amigos irão tentar mesmo assim. Ela está disposta a fazer qualquer coisa para salvar Jace, mas ela pode ainda confiar nele? Ou ele está realmente perdido?

Depois de ser deixado sozinho no telhado com Sebastian, Jace desapareceu e ninguém sabe onde ele está. Cidade das Almas Perdidas começa exatamente onde Cidade dos Anjos Caídos terminou. Semanas se passam sem Clary receber uma notícia do paradeiro de Jace e mesmo com toda a Clave realizando um busca pelos dois nada foi encontrado. Alec, Izzy e Clary estão aterrorizados com todas as possibilidades do que pode ter acontecido com Jace, principalmente por Sebastian estar envolvido. O que eles nem sequer desconfiam é que agora Jace está ligado a Sebastian e não tem mais vontade própria e isso significa que ele é o novo melhor amigo de Sebastian (I KNOW RIGHT), que claro tem um plano maligno e diabólico que me deixa enojada só de lembrar. 

Entretanto, mesmo que Jace não seja mais Jace ele ainda tem lá suas prioridades, ou seja, ele ainda quer a Clary por perto. Então, não é nenhuma surpresa quando ele decide levá-la para formar o trio do mal (tô empolgada, desculpa), mesmo sabendo do perigo e que Jace não é o mesmo ela aceita (porque dã, ela é a Clary, faz coisas estúpidas), enquanto Simon, Alec, Izzy e Magnus tentam descobrir um jeito de parar Sebastian e separar o laço dele com Jace. 

Resenha: Coroa da Meia-Noite - Sarah Maas

Título: Coroa da Meia-Noite
Autor (a): Sarah Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 406
Celaena Sardothien, a melhor assassina de Adarlan, tornou-se a assassina real depois de vencer a competição do rei e se livrar da escravidão das Minas de Sal de Endovier. Mas sua lealdade nunca esteve com a coroa. Tudo o que deseja é ser livre — e fazer justiça. Nos arredores do castelo, surgem rumores a respeito de uma conspiração contra misteriosos planos do rei, mas antes de cuidar dos traidores, Celaena quer descobrir exatamente que planos são esses. O que ela não imaginava é que acabaria em meio a uma perigosa trama de segredos e traições tecida ao redor da coroa. Enquanto a amizade entre ela e o capitão Westfall cresce cada vez mais, o príncipe Dorian se afasta, imerso em seus próprios dilemas e descobertas.
A princesa Nehemia acaba se tornando uma conselheira e confidente, mas sua atenção está mais voltada para outros assuntos. Em Adarlan, um segredo parece se esconder por trás de cada porta trancada, e Celaena está determinada a desvendar todos eles para proteger aqueles que aprendeu a amar. Mas o tempo é curto, e as ameaças ao redor castelo de vidro estão cada vez mais próximas. Quando menos se espera, uma trágica noite mudará a vida de todos no reino, e mais do que nunca Celaena quer descobrir a verdade para fazer justiça.

Celaena Sardothien agora é a campeã do Rei e viaja Adarlan matando aqueles que supostamente são inimigos dele e ameaçam a sua supremacia. Porém, nem tudo é o que parece. E quando a assassina retorna ao castelo de vidro e é informada de que existe uma conspiração rebelde contra o Rei e que ela está encarregada de eliminá-los, Celaena começa a questionar o seu papel de assassina do Rei e lutar internamente com suas dúvidas. Tudo se complica ainda mais quando o seu primeiro alvo é alguém do seu passado.

Além disso, Celaena também se vê cada vez mais próxima e íntima de Chaol e mais distante de Dorian. Sua amizade com Nehemia também se fortalece cada vez mais. E suas convicções serão testadas e sua coragem, força de vontade e crenças serão colocadas à prova.

Resenha: Os Garotos Corvos - Maggie Stiefvater

Título: Os Garotos Corvos
Autor(a): Maggie Stiefvater
Editora: Verus
Páginas: 376
SKOOB
Todo ano, na véspera do Dia de São Marcos,­ Blue Sargent vai com sua mãe clarividente até uma igreja abandonada para ver os espíritos daqueles que vão morrer em breve. Blue nunca consegue vê-los — até este ano, quando um garoto emerge da escuridão e fala diretamente com ela.Seu nome é Gansey, e ela logo descobre que ele é um estudante rico da Academia Aglionby, a escola particular da cidade. Mas Blue se impôs uma regra: ficar longe dos garotos da Aglionby. Conhecidos como garotos corvos, eles só podem significar encrenca.Gansey tem tudo — dinheiro, boa aparência, amigos leais —, mas deseja muito mais. Ele está em uma missão com outros três garotos corvos: Adam, o aluno pobre que se ressente de toda a riqueza ao seu redor; Ronan, a alma perturbada que varia da raiva ao desespero; e Noah, o observador taciturno, que percebe muitas coisas, mas fala pouco.Desde que se entende por gente, as médiuns da família dizem a Blue que, se ela beijar seu verdadeiro amor, ele morrerá. Mas ela não acredita no amor, por isso nunca pensou que isso seria um problema. Agora, conforme sua vida se torna cada vez mais ligada ao estranho mundo dos garotos corvos, ela não tem mais tanta certeza.

Blue Sargent vem de uma família de médiuns, entretanto ela foi a única a não herdar esse poder. O talento de Blue é um pouco diferente e menos usual. Mas o que mais rege sua é vida é que todo clarividente lhe diz: se ela beijar o seu verdadeiro amor, ele morrerá. Assim, Blue decidiu nunca se apaixonar, então isso não seria um problema.

Até que na véspera do Dia de São Marcos, quando ela e sua mãe vão a uma velha igreja para observar o caminho dos mortos para saber quem morrerá em breve, Blue vê um dos fantasmas dos futuros mortos (algo que nunca aconteceu antes). O destino começa a bater na porta de Blue quando ela descobre que o nome do fantasma é Gansey e seus caminhos acabam por se cruzar. Gansey estuda na Academia Aglionby, uma escola particular de ~gente rica~, e dedica muito tempo de sua vida em um busca crucial com outros três amigos, Adam, Ronan e Noah
"Ela reconheceu a estranha felicidade que vinha de amar algo sem saber por quê, aquela estranha felicidade que às vezes era tão grande que parecia tristeza. Era a maneira como ela se sentia quando olhava para as estrelas."
(Ou como eu me sinto sobre Os Garotos Corvos)

DecorArte: Os figurinos majestosos de Agnieszka Osipa


Conheçam hoje o trabalho impecável da designer de moda Agnieszka Osipa, que reside em Gliwice, na Polônia. A figurinista cria trajes grandiosos, repletos de pedrarias, e confecciona cada peça à mão, com muita dedicação e cuidado. Toda essa riqueza de detalhes, combinada com cenários belíssimos, resultam em imagens que misturam o visual leve de contos de fadas com a solidez da mitologia medieval. 

Resenha: Cidade dos Anjos Caídos - Cassandra Clare

Título: Cidade dos Anjos Caídos
Autor(a): Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 364
A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

Agora que a ameaça de Valentim se foi, Clary e Jace, bem como todo o Mundo Das Sombras, podem respirar aliviados e seguir em frente com suas vidas. O que para Clary significa treinar para ser uma Caçadora de Sombras, enquanto finalmente pode ficar com o amor de sua vida. O fato de eles terem pensado por tanto tempo que eram irmãos agora parece apenas um fato distante e a felicidade cerca Clary, ainda mais porque sua mãe vai se casar com Luke.

Mas é de Cassandra Clare que estamos falando aqui, então a felicidade e clima de alegria não dura muito tempo em Cidade Dos Anjos Caídos, começando pelo fato que a vida de Simon não vai lá muito bem. Sua mãe o expulsa de casa, todos parecem lhe arrastar para seus problemas e parecem querer algo dele e, claro, muitas pessoas querem lhe ver morto. E a Marca de Caim talvez tenha algo a ver com isso. Além disso, Jace (sempre ele, obviamente) começa a agir estranho e se afastar de Clary por nenhum motivo aparente.

Resenha: Todos Os Nossos Ontens - Cristin Terrill

Título: Todos Os Nossos Ontens
Autor (a): Cristin Terrill
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352
O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo? Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse? Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem? Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas. O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo. O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo

Imagine que você fosse um gênio e conseguisse criar um máquina do tempo para salvar aqueles que você mais amava e perdeu? Imagine que sua ideia dá tão certo que você deseja ajudar a salvar o mundo inteiro, evitando desastres, prevendo ataques terroristas? Maravilhoso, não é? Porém, como disse sabiamente Hermione Granger, “coisas horríveis aconteceram com bruxos que mexeram com o tempo”.

Todos Os Nossos Ontens nos mostra um mundo onde viajar no tempo é uma realidade, mas deveríamos desconfiar que tal avanço não seria algo bom na mão dos humanos. Os Estados Unidos vivem em estado total de alerta, as pessoas não podem atravessar a rua sem precisar comprovar que são cidadãos de bem. Sem falar as guerras entre países que assola o mundo.

Neste cenário, conhecemos Finn e Em, prisioneiros de um tal de doutor, também conhecido como a pessoa que criou e detém o poder da máquina do tempo. Um dia, Em encontra em sua cela um bilhete, escrito por ela mesma (!!!), que ela não lembra de ter escrito e diz que ela precisa voltar para o passado e matar o doutor. Após, Finn e Em conseguiram voltar no tempo e iniciar a sua caçada a pessoa que tornou o futuro pior, passamos a acompanhar a história também pelo ponto de vista de Marina, uma garota popular que é apaixonada por James, um nerd fofo.

DecorArte: Mini esculturas em lápis de cera de Hoang Tran


Hoje trago pra vocês um trabalho bem diferente e muito criativo! Estou falando de um cara talentoso chamado Hoang Tran, que faz mini esculturas em lápis de cera. A riqueza de detalhes que ele consegue pôr em peças tão pequenas é impressionante. E como se não bastasse, além de esculpir, Tran também derrete lápis de cera de outras cores para acrescentar mais detalhes e deixar as esculturas mais realistas. Outra coisa bacana são os temas escolhidos. Tem de tudo um pouquinho: princesas da Disney, heróis e personagens de nossos desenhos animados preferidos. Dá só uma olhadinha: