Resenha: Assombrado - Meg Cabot

Título: Assombrado
Autor (a): Meg Cabot
Páginas: 240
Suzannah passou o último verão no Pebble Beach Hotel and Golf Resort. Não, ela não estava hospedada com os ricaços. Em vez disso, tomava conta dos filhos deles. Foi assim que ela conheceu Paul Slater. Suzannah era a babá do irmãozinho dele, Jack, e Paul se encantou por ela. Mas é claro que quando um garoto bonitão se interessa por ela as coisas não podem simplesmente dar certo.





Assombrado é o quinto livro da série A Mediadora. Na reta final da série temos uma guinada no tom da história, finalmente a Meg decidiu compartilhar com seus leitores algumas informações preciosas sobre Suze e suas habilidades de Mediadora. Informações pequenas e incompletas, mas que atiçam sua curiosidade, fazendo-o devorar o livro e o tornam esse um dos melhores livros da série.

Estou me adiantando, mas Assombrado possui claramente uma mudança de tom. O humor irreverente de Suze e todas as situações desastrosas ainda estão lá, mas com a presença constante de Paul Slater, que agora estuda na mesma escola de Suze, as coisas ficam mais série e sombrias. Ele pode sorrir e jogar charme, mas não me deixei enganar e sei muito bem que ele não é flor que se cheire. Enquanto Suzannah tenta lidar com Paul e suas investidas, ela ainda tenta entender o que está acontecendo entre ela e Jesse. Depois de se beijarem os silêncios incômodos são mais do que comuns e Jesse se matem frio e distante, e Suze só consegue pensar que o amor que sente por ele não é recíproco. 

O ritmo da trama continua impecável, a escrita da Meg continua linda e os personagens continuam cada vez mais bem desenvolvidos e apresentados. O meios-irmãos de Suze continuam um pé no saco (Menos David, David é amor), a mãe de Suze continua me irritando por ser tão alheia aos problemas da filha e Jesse continua roubando meu coração incontáveis vezes e Suze continua sendo a definição que existe no dicionário para badass. 

Além do tom mais sério na história nesse volume, também temos uma aprofundamento maior e desenvolvimento da relação Suzannah/Jesse. Nem tive tempo de ficar irritada com esses dois cabeças duras porque o modo com a Meg coloca a história nos faz entender exatamente as atitudes de cada um. 

Em suma, Assombrado é um ótimo prelúdio para o final dessa série incrível e maravilhosa. As cartas finalmente estão sendo colocadas na mesa, agora é ver o que a Meg (nesse caso, a Suze) vai fazer com elas. No entanto, tenho certeza que a mistura Suze, Jesse e Paul vai resultar em momentos memoráveis e não muito agradáveis (para eles, eu vou é amar muhahaha)



4 comentários:

  1. Oi, Débora! Tudo bem?

    Uau! Gostei demais da resenha e, acredita que nunca li um livro da Meg Garbot? Verdade!
    Quem sabe ainda irei ler; e se fizer farei a resenha e postarei em no blog Irmãos Livreiros
    Parabéns pela resenha! :)

    Visite-nos:
    Irmãos Livreiros e também estamos no canal Irmãos Livreiros confira os vídeos por lá e caso não seja inscrita, se inscreva para receber os vídeos em primeira mão!

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  2. Só vim comentar que; Jesse mozão ❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor pessoa (quer dizer, fantasma) ever! 😍

      Excluir
  3. Confesso que não lembro quase mais nada do quinto livro, mas eu gostava do Paul, da dinâmica dele com a Suzannah haha Não mais do que do Jesse, óbvio! Jesse é tudo <3 Tou curiosa para a sua resenha do sexto e último livro! Bjs, Debsis!

    Tici | www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário...